Brasil recebe R$ 161 bilhões em aquisições estrangeiras

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Até o mês de novembro, as operações de fusões e aquisições atingiram R$ 275,8 bilhões, valor recorde comparado a R$188,7 do ano de 2018.  Os grupos estrangeiros fazem parte de quase 60% desses negócios, ou R$ 161,3 bilhões, com 281 operações fechadas.
No mês de abril desse ano, a Petrobrás vendeu por US$ 8,6 bilhões o gasoduto TAG para a empresa francesa Engie. Foi o maior negócio fechado por um grupo estrangeiro em 2019. No ano passado, as transações lideradas por estrangeiros somaram R$ 85 bilhões.
O setor de tecnologia é o grande líder em número de transações, com 302 negócios registrados, apresentando um crescimento de 31% em relação ao mesmo período de 2018. O setor financeiro vem logo em seguida, com 181 transações e apresentando um aumento de 21%.
O PIB maior que o esperado, segundo Bruno Fontana, chefe da área de banco de investimento do Credit Suisse, reforça a perspectiva de mais negócios envolvendo ativos brasileiros. O banco prevê um crescimento do PIB de 2,5% em 2020. “O investidor estratégico tem uma visão de longo prazo. Oscilações de câmbio, por exemplo, têm um impacto menos relevante nas análises de retorno no longo prazo”, diz.

 Fonte: Infomoney 

Recebe nossa Newsletter

Informe seu email no campo abaixo e fique por dentro de todas as novidades da BFA.

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up

Junte-se a Nós

Venha trabalhar conosco!